A revista norte-americana, Deadline, publicou hoje uma matéria anunciando que o ator Hero Fiennes-Tiffin foi adicionado ao cast do filme “The Silencing”, confira traduzida:

A estrela de ‘After’, Hero Fiennes-Tiffin, se junta a Nikolaj Coster-Waldau e Annabelle Wallis em ‘The Silencing’

Exclusivo: O ator britânico Hero Fiennes Tiffin foi adicionado ao cast de ‘The Silencing’, juntando-se a Nikolaj Coster-Waldau e Annabelle Wallis no filme que está sendo dirigido por Robin Pront. A produção está prevista para começar esse mês.

Escrito por Micah Ranum, o enredo segue um caçador reformado (Coster-Waldau) que se envolve em um jogo mortal de gato e rato quando ele e o xerife local, Alice Gustafson (Wallis) partem para rastrear um assassino cruel que pode ter sequestrado sua filha anos atrás. Tiffin vai interpretar o irmão mais novo e perturbado de Alice, Brooks.

Cybill Lui, da Anova Pictures, está produzindo o projeto com a produtora Matt Cod, da Wilding Pictures, e a produtora executiva da XYZ Films. XYZ e Endeavor Content representam vendas nos EUA.

Fiennes Tiffin está prestes a estrear como co-lead no drama YA ‘After’, baseado no romance best-seller de Anna Todd. Ele interpreta o sombrio e misterioso Hardin Scott, que conhece a boa menina Tessa (Josephine Langford) e vira seu mundo reservado de cabeça para baixo. O filme será lançado pela Aviron Pictures em 12 de abril.

Fiennes Tiffin é representado por ICM Partners, The Artists Partnership no Reino Unido e Bloom Hergott Diemer.

Por Stephanie Eckardt (15 de abril de 2019)

Tecnicamente, Hero Fiennes-Tiffin fez apenas cerca de um mês divulgação em sua vida, mas foi o bastante – compreensível, já que agora ele é basicamente o Harry Styles encarnado da fan fiction. O fato de que Hardin Scott, o personagem no centro do romance em After, de Anna Todd, era vagamente baseado em Styles, nunca pareceu importar muito para seus fãs; A história, que Todd começou a escrever em seu telefone, foi lida mais de 1,5 bilhão de vezes desde que foi publicada no Wattpad em 2013. Naturalmente, o número só se multiplicou desde o anúncio da adaptação cinematográfica, que chegou aos cinemas na sexta-feira.

Quando Todd primeiro avisou Tiffin do caos que viria com Hardin, o ator de 21 anos não acreditou. (Afinal de contas, ele é um ex-aluno dos filmes de Harry Potter.) Por mais que o fandom da história superasse suas expectativas – eles parecem gostar de cumprimentá-lo nos portões do aeroporto – não são os fãs com quem Tiffin está tendo dificuldades, mas as questões de nível superficial que o atormentaram desde que ele veio aos olhos do público. (Como você deve ter notado, ele parece estar em todos os lugares ultimamente.)

Então, aqui estão as respostas para as perguntas que Tiffin está francamente cansado de responder: Sim, seus tios são os aclamados atores Joseph Fiennes e Ralph Fiennes. (Ele interpretou a versão de 11 anos de Lord Voldemort de Ralph no sexto filme de Harry Potter.) Sim, eles provavelmente o inspiraram a ser um ator, mas sua verdadeira motivação para fazer seu primeiro teste foi faltar a escola . E sim, seu nome é realmente Hero, que se tornou um quebra-gelo útil. (Surpreendentemente, ele não sofreu bullying ao crescer – apenas ouvindo interpretações de uma certa canção de David Bowie.) Quanto ao que considera as coisas mais importantes, leia sobre Tiffin ao interpretar o personagem baseado em Harry Styles e o controverso relacionamento de After, aqui.

O que mais se destacou para você ao fazer seu primeiro grande filme, especialmente agora que você acabou de sair de um mês de divulgação?

Acredito que a quantidade de divulgação têm sido o maior choque. Topo tudo, mas é bastante. E sinto que os fãs, especialmente com After, são loucos. Estão em todos os lugares, e são tão entusiasmados e apoiadores. Anna [Todd] tentou nos avisar, mas eu realmente não acreditei na proporção do que ela explicou, o quão louco seria, especialmente agora que o filme será lançado. Eu estava como, “Certo, claro, claro, não pode ser tão ruim assim,” mas na realidade excedeu minhas expectativas.

Achei que você já estivesse acostumado com fandom, já que seu primeiro trabalho foi Harry Potter.

Eu era muito jovem e foi um papel pequeno, mas o divulguei — fiz uma convenção em certo momento, o que foi legal, e novamente, os fãs são muito entusiasmados, apoiadores e respeitosos. Mas não teve nenhum impacto em minha vida enquanto crescia, a não ser o fato de que fiz o filme. Nunca fui reconhecido nas ruas por Harry Potter — era muito novo, estava passando pela puberdade e mudando meu cabelo e como eu me parecia. E sinto que não haviam tantos Potterheads na região que fui criado.

Parece que os dias de não ser reconhecido na rua acabaram.

Para ser honesto, é impressionante e demora para se acostumar, mas acho que tem sido mais louco do que será quando terminarmos e não estou postando meu paradeiro para que as pessoas não saibam onde estarei. Com a turnê de imprensa, as pessoas realmente conhecem nosso cronograma; se dissermos que faremos uma sessão de autógrafos do livro neste lugar e neste dia, eles apenas verificam os voos de onde fomos fotografados pela última vez, e há apenas um ou dois voos, então eles vão para o aeroporto e esperam e arriscam. Foi mais intenso no Brasil – cinco vezes mais do que qualquer outro lugar.

 

Como você acabou se envolvendo com o After?
Foi uma das várias audições que eu fiz, e continuei recebendo feedback. Então eu fiz uma ligação pelo Skype e voei para L.A. para um teste de química, e começou a parecer um pouco mais real. Voltei para casa por cerca de um mês e meu agente da L.A. estava em Londres, me convidou para tomar uma xícara de café e disse: “Infelizmente, você não conseguiu o papel”. E eu estava tipo, “o que? Eu meio que acho que sim…” E cinco segundos depois, ele ficou tipo “Não, estou brincando, você conseguiu”. Então voltei para Atlanta e começamos a filmar naquele verão.

O que foi sobre o papel que inicialmente atraiu você?

A complexidade e mistério do personagem, que é especialmente atraente para um ator para um primeiro papel principal. Há tantas camadas que você revela lentamente para o público. É obviamente um trabalho árduo e longas horas e opiniões conflitantes, mas todo o processo de filmagem foi divertido. Nós tivemos muita sorte com elenco e equipe, estou em contato com muitos deles ainda hoje.

Você conheceu Harry Styles, ou você ouve One Direction?

Nunca o conheci, e não ouço One Direction.

Isso o influenciou ao interpretar Hardin?

De modo nenhum. Eu compreendo e aprecio completamente o fato de que a inspiração foi tirada dele no livro, mas se desenvolveu muito a partir de então. Enquanto não sei muito sobre Harry Styles ou One Direction, eu sei que eles não são parecidos com o livro ou o filme. Eu acho que a única semelhança é que nós dois somos altos, magros e brancos com cabelos escuros [Risos]. Obviamente, algumas das inspirações vieram de Anna [Todd], mas já era um personagem tão desenvolvido que não tinha nada a ver com isso quando peguei o roteiro, então não senti a necessidade de pegar mais inspiração de qualquer coisa como Harry Styles ou One Direction.

Tem havido uma quantidade crescente de críticas de que o livro – e, por extensão, o filme – romantiza relacionamentos tóxicos e abusivos. Você sabia disso quando se candidatou para o papel?

Eu descobri isso depois que o filme começou a ser mencionado. E, depois de longas conversas com Anna, não concordo com essa afirmação. Fico mais feliz em falar sobre as opiniões das pessoas sobre o filme, porque é com isso que eu posso falar.

Parece que houve esforços para tornar o relacionamento mais saudável no filme do que era no livro?

Sim, mas não acho que foi pela crítica — e sim porque é algo que está em uma tela em 2019, é diferente de como era como palavras no papel, anos atrás. É apenas uma diferente. Eu adoraria estar envolvido no processo de adaptação de um livro a um roteiro, mas isso simplesmente não é meu trabalho. Nós apenas pegamos de onde o script está.

Você acha que o relacionamento retratado no filme é saudável?

É muito, muito longe de um relacionamento perfeito, mas sim. Essa pergunta – essa é uma relação saudável e vale a pena que eles voltem a ficar juntos? – é sobre o que o filme trata e o que o torna interessante. Eu acho que é uma grande questão na vida de todos, em qualquer relacionamento, e este é apenas um exemplo específico. Não é de forma alguma um guia, mas esperamos que seja apenas uma história divertida de um casal que está tentando descobrir se o amor deles vai funcionar – se valer a pena, e se a outra pessoa é certa para eles.

Então você diria que está explorando, não defendendo, o relacionamento?

Sim, você sabe, para fazer uma história divertida, algumas coisas têm que dar errado.

 

Tenho certeza que o fandom é ainda mais intenso online. É por isso que você não está muito no Instagram?

Eu tinha todos esses aplicativos há muito tempo e, em seguida, excluí-los quando percebi que eu estava apenas perdendo meu tempo. Mas eu mantive o Instagram, porque meus agentes me aconselharam, e eu entendo e concordo completamente que é uma ferramenta tão útil e poderosa, mesmo que você possa se perder nela. Eu criei uma conta para acompanhar meus amigos, mas agora que muitos fãs me seguem, é um público um pouco diferente. Explodiu quando eles anunciaram que eu tinha o papel, mas os fãs começaram a suspeitar quando Anna me seguiu, antes disso. Não que eu realmente observe demais – a única vez que sei se eu, tipo, bati uma marca de seguidores é porque um amigo vai me mandar uma mensagem. Eu definitivamente ainda estou fazendo essa transição para usá-lo para divulgação.

Você tem uma conta fake ou privada?

Não. E para ser sincero, apenas não uso muito. No momento, estou me concentrando no trabalho e me certificando de que acertei, e então sinto que, eventualmente, vou me tornar mais ativo no Instagram novamente. O filme ainda não saiu!

Parece que você tem dedicado muito do seu tempo à moda ultimamente também.

Eu definitivamente dedico muito mais tempo para atuar, mas já que leva apenas um ou dois dias para fotografar e publicar as fotos, enquanto que para atuar você faz uma audição, ou muitas, e você pode não ganhar nenhum papel, fiz o material de modelagem porque, obviamente, se eu tiver a oportunidade, vou agarrá-la. Se eu tiver a sorte de tentar, eu vou. E isso meio que anda lado a lado com a atuação. Estava preenchendo o tempo em que, se eu não tivesse nada para fazer, preferiria me manter ocupado e fazer isso também. Mas a atuação sempre foi uma prioridade. Coisas de modelagem são legais – obviamente você começa a viajar e usar roupas legais, tirar fotos legais – mas para mim, atuar é muito mais criativo, então eu sempre coloco em primeiro lugar. E a Storm, a agência de modelos com quem trabalho, apoiou isso desde o primeiro dia.

Qual foi sua primeira impressão da Semana de Moda?

Ah, posso falar palavrão? Foda-se! Eu odeio muito isso. Adoro roupas legais e conhecer novas pessoas, mas é muito agitado. Eu [desfilei na passarela] uma vez e nunca mais. É só ir de casting para casting, e você acaba ficando em uma sala porque eles dizem que você deve chegar entre cinco e seis, e todo mundo chega às 5:55. Não é tão organizado, e eu sou meio que organizado, então eu prefiro atuação.

 

Depois de After, o que vem por aí?

Acabei de descobrir que tenho um papel de apoio em um thriller chamado The Silencing. Não que eu esteja tentando fugir e fazer o papel mais diferente possível, mas é muito diferente do Hardin. Eu sempre evitei deliberadamente a questão de qual tipo de papel ou gênero eu gostaria de seguir, porque não sei o quanto sou bom ou o quanto gosto de interpretar certos papéis até fazer e descobrir.

Há alguém em particular com quem você gostaria de trabalhar?

Eu adoraria ser dirigido pela minha mãe. Nós provavelmente discutiríamos muito [Risos]. Mas acho que seria legal.

Seus pais apoiaram sua carreira na atuação?

Eles sempre foram um equilíbrio perfeito de apoio e realismo. Estando na indústria, são muito conscientes de quão facilmente as coisas podem dar errado, então eu sempre tive um plano B.

Qual era seu plano B?

Havia um monte de coisas. Eu estava em uma empresa de catering de alimentos; Também fazia paisagismo e renovação de propriedades e coisas – obviamente em pequena escala, mas isso me interessou muito. Mas nós colocamos a atuação no banco da frente e, bem, funcionou.

Conheça o novo galã de Hollywood — PEOPLE

Publicado por Caroline Santos em 13/04/2019
Notícias

A famosa revista PEOPLE publicou uma matéria em seu site com uma entrevista exclusiva com Hero Fiennes-Tiffin. Ele conversou desde sobre seu primeiro papel principal (Hardin Scott, em After), sua família na indústria, os fãs e shippers, até seu próximo filme que já está prestes a iniciar as gravações. Confira traduzida:

Hero Fiennes Tiffin faz sua estreia como personagem principal masculino em After, uma história young adult feita para fazer as garotas ao redor do mundo se apaixonarem por ele.

Prepare-se para conhecer o novo galã de Hollywood.

O ator/modelo britânico de 21 anos, Hero Fiennes-Tiffin está estrelando em After como Hardin Scott, um misterioso e amuado graduando que prende a atenção da inocente caloura Tessa Young, interpretada por Josephine Langford. E seu desempenho fará alguns corações baterem mais forte quando o filme estrear nos cinemas na sexta-feira.

Apesar de que alguns fãs talvez conheçam o filme dada a conexão com One Direction e Harry Styles — a história originalmente foi escrita como uma fanfiction com Styles como personagem principal, que depois se tornou Hardin — After leva Hardin em um caminho diferente com Fiennes-Tiffin no leme.

Leia para saber sobre o britânico que foi escalado para derreter corações [nos cinemas] quando o filme estrear essa sexta.

Ele vem de uma família do ramo da atuação.

Sim, ele faz parte daquela família Fiennes. Seus tios são os atores Ralph Fiennes, conhecido por interpretar Voldemort na franquia Harry Potter, e Joseph Fiennes, que interpreta o Comandante Fred Waterford em The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia). Seus pais, Martha Fiennes e George Tiffin também são bem conhecidos na indústria como diretores.

Jeff Spicer/Getty; JB Lacroix/WireImage; BEN STANSALL/AFP/Getty

Enquanto Fiennes-Tiffin diz que sua infância foi super normal e sua família raramente fala sobre a indústria cinematográfica, ele diz que tem sido bom ter um sistema de suporte embutido agora que ele está definindo sua própria carreira.

“Meus tios estão sempre ocupados atuando, então eu raramente os vejo, mas eu sempre que sei que eles estarão ali para me apoiar” ele diz. “Sempre que os vejo, eles sempre fazem questão de conferir como estão as coisas, e se certificarem de que está tudo bem, e me deixam ciente de que eles estão ali para mim. Mas não os vejo muito, então quando isso acontece nós tendemos a conversar mais sobre coisas de família mais do que tudo.”

Photo by Stephane Cardinale – Corbis/Corbis via Getty Images)

Esse é seu primeiro papel principal.

Embora Fiennes-Tiffin seja modelo já há algum tempo e tenha feito parte de alguns projetos, esse é seu primeiro papel principal. O ator conta para a PEOPLE que ele mergulhou no papel e se preparou o máximo que pôde antes de filmar.

“É o tipo de coisa, como ator, que você deseja ansiosamente e espera por isso, e então quando isso acontece, você se pergunta se está pronto ou não,”  ele diz sobre pegar o papel principal. “É apenas esse tipo de coisa que você precisa ir até o fundo, seguir em frente e fazer isso. Eu me preparei o máximo que consegui.”

Ele tem muita química com Josephine Langford, mas ainda é solteiro.

Fiennes-Tiffin e Langford têm uma química eletrizante no filme, que o ator diz que veio naturalmente e se desenvolveu antes de começar a filmar.

“Nós tivemos uma semana de ensaio antecipadamente para focar apenas nas cenas entre nossos dois personagens,” ele diz “e as cenas mais íntimas estavam agendadas bem para o final [das gravações], então tivemos mais tempo para nos conhecermos melhor”

Photo Credit Quantrell D. Colbert

E enquanto Fiennes-Tiffin diz que naturalmente os fãs vão querer que eles fiquem juntos, ele diz à PEOPLE que está solteiro e com esperanças de manter sua vida privada fora dos holofotes.

“É engraçado que as pessoas pensem que, se você atua em um filme de alguns jeitos, elas tentam fazer isso [acontecer] na vida real,” ele diz “Especialmente com romances. Tipo, se você vê alguém morrer em um filme, você não se pergunta se eles estão realmente mortos ou ainda vivos. Mas as pessoas fazem com relacionamentos. É um pouco estranho, eu sinto que no Instagram vimos pessoas dizendo coisas assim já há um tempo atrás. Isso é definitivamente estranho.”

Ele interpretou o jovem Voldemort em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

Um privilégio legal de ter seu tio Ralph interpretando Voldemort em quatro filmes de Harry Potter foi a oportunidade de desempenhar um pequeno papel na franquia de enorme sucesso. Fiennes-Tiffin entrou para interpretar a jovem versão de Tom Riddle, o garoto que acabaria se tornando Voldemort, no sexto filme, quando Alvo Dumbledore (Michael Gambon) vai visitá-lo no orfanato em uma memória revisitada.

©Warner Bros./courtesy Everett Collection

“Foi legal, parecia mais uma experiência divertida do que uma escolha de carreira em potencial quando eu estava fazendo”, diz ele sobre sua parte na infância em Harry Potter. “Eu fui vendido pelos dias de folga da escola mais do que qualquer coisa.”

Hardin é baseado em Harry Styles, mas ele [Hero] não o usou como inspiração.

Embora a série original de After, que abrange 5 livros, seja baseada em Harry Styles, o filme cria uma certa distância entre Hardin e sua famosa inspiração.

“Eu sinto que o personagem é tão separado disso agora e é a sua própria coisa,” ele diz. “Eu realmente não sei nada sobre Harry Styles em termos de como ele é, eu não senti necessidade de me aprofundar nesses aspectos. A fonte original de inspiração foi tirada dele, mas não acho que estamos tentando duplicar a vida dele ou algo assim. É uma história muito separada com um personagem separado.”

Photo Credit: Aviron Picture / (Photo by Dia Dipasupil/FilmMagic)

Seu próximo papel coloca-o ao lado de Nikolaj Coster-Waldau — também conhecido como Jaime Lannister!

Veja também: A ESTRELA DE ‘AFTER’, HERO FIENNES-TIFFIN, SE JUNTA A NIKOLAJ COSTER-WALDAU E ANNABELLE WALLIS EM ‘THE SILENCING’ — DEADLINE

Ele já está em produção em seu próximo filme, um terror de ação intitulado The Silencing, estrelado por Annabella Wallis e Nikolaj Coster-Waldau, de Game of Thrones. O enredo segue um caçador aposentado (Coster-Waldau) enquanto ele se junta à Xerife local (Wallis) para pegar um serial killer que pode ter sequestrado sua filha anos atrás. Fiennes Tiffin interpreta o irmão mais novo de Wallis.

“É o tipo de filme que eu realmente gostaria de assistir e, portanto, quero fazer parte disso. Eu mal posso esperar, estou muito animado”, diz ele.

Mas e a chance de conseguir trabalhar com Jamie Lannister?

“Eu assisto, eu amo Game of Thrones, estou muito animado”, ele timidamente admite, “mas eu prometo que esse não é o único motivo de eu querer fazer esse filme!”

After está nos cinemas sexta-feira.

Matéria Original: PEOPLE | Tradução: Caroline (Equipe Hero Fiennes-Tiffin Brasil)

Hero-Fiennes-Tiffin

Publicado por heroftbrasil em 30/10/2018

BIOGRAFIA

Hero Beauregard Fiennes Tiffin (Londres, 6 de novembro de 1997) é um ator e modelo britânico, conhecido por interpretar o jovem Tom Riddle em Harry Potter e o Enigma do Príncipe em 2009. Hero nasceu em Londres, Inglaterra, filho do roteirista George Tiffin e da diretora cinematográfica Martha Fiennes. Tiffin tem um irmão mais velho chamado Titan e uma irmã caçula chamada Mercy. Ele é membro da família Twisleton-Wykeham-Fiennes, neto da escritora inglesa Jennifer Lash (1938 – 1993) e bisneto de Sir Maurice Fiennes (1904 – 1994). É sobrinho dos atores Ralph Fiennes e Joseph Fiennes.

FILMOGRAFIA

  • Bigga Than Ben (2008)

Filme britânico, dirigido por Suzie Halewood, onde Hero interpretou o personagem Spartak.

Sinopse: Cobakka e Spiker são dois russos que vão à Londres achando que ficaram ricos, porém descobrem que não é tão fácil assim. Baseado no livro Russo de mesmo nome.

Data de estreia no Brasil: 10 de outubro de 2008.

  • Harry Potter e o Enigma do Príncipe (2009)

Sexto filme da saga Harry Potter, dirigido por David Yates, onde Hero interpretou o personagem Tom Riddle (Lord Voldemort) durante sua infância no orfanato.

Sinopse: Lorde Voldemort ameaça tanto o mundo dos trouxas quanto o mundo dos bruxos, e Hogwarts já não é o local seguro de outrora. Harry suspeita que o perigo esteja dentro do castelo, mas Dumbledore está mais preocupado em preparar o bruxo para a batalha final que se aproxima rapidamente. Juntos, eles trabalham para superar as defesas de Voldemort. Para isso, Dumbledore recruta o velho amigo e colega Professor Horácio Slughorn, um inocente bon vivant com bons contatos no mundo da magia, pois acredita que ele possui informações cruciais. Enquanto isso, os estudantes estão sob ataque de um tipo diferente de inimigo, já que os hormônios adolescentes se espalham pelo castelo. Harry se vê cada vez mais interessado em Gina, assim como Dino Thomas. E Lilá Brown decide que Rony é o namorado ideal, mas não esperava que os chocolates de Romilda Vane atrapalhassem seus planos! Já Hermione é tomada pelo ciúme, mas está decidida a não mostrar seus sentimentos. Romances surgem, mas um estudante segue isolado. Ele está determinado a deixar sua marca, mesmo que ela seja sinistra. O amor está no ar, mas a tragédia está no caminho, e Hogwarts pode nunca mais ser a mesma.

Data de estreia no Brasil: 15 de julho de 2009.

  • Private Peaceful (2012)

Filme de drama britânico, dirigido por Pat O’Connor, onde Hero interpretou o personagem Charlie quando criança.

Sinopse: A história do clássico ritual de passagem de dois irmãos e a exuberante dor do seu amor pela mesma garota, das pressões familiares e dos horrores da guerra.

Data de estreia no Brasil: 12 de outubro de 2012.

  • PWITS: Possession With Intent to Suply (2016)

Curta metragem parte do projeto do grupo The Trap, disponível no YouTube, onde Hero interpretou o personagem Jake.

Resumo do projeto: Dois filmes (PWITS e Deep It) poderosos que exploram o impacto do tráfico de drogas nas ruas e o uso de facas nas pessoas e em suas comunidades. Sua mensagem é alta e clara: não existe um crime sem vítimas. Todo mundo se machuca no processo.

Data de lançamento: setembro de 2016.

  • The Secret Life of Flowers (2017)

Curta metragem promocional das empresas H&M e Erdem, disponível no YouTube e dirigido por Chris Tangney, onde Hero interpretou o personagem Adam.

Sinopse: O filme de Baz Luhrmann para a ERDEM x H & M é ambientado em uma misteriosa mansão campestre onde é “sempre primavera”. A casa é como o seu próprio mundo privado, sempre repleto de flores, influenciado pelas célebres estampas florais da ERDEM. Quando jovens amigos vêm para ficar, um triângulo amoroso magnético começa, no filme estrelado pelos futuros atores Tom Rhys Harries, Hero Fiennes Tiffin e Ruby Dagnall.

Data de lançamento: 24 de outubro de 2017.

  • The Tunnel (2017)

The Tunnel é uma série de televisão franco britânica de drama criminal adaptada a partir da série policial dano-sueca The Bridge. Hero fez uma participação especial no quinto episódio da terceira temporada, como o personagem Leo.

Data de estreia da terceira temporada no Brasil: 6 de fevereiro de 2018.

  • Safe (2018)

Minissérie de investigação policial original da Netflix que conta com 8 episódios, produzida pelo famoso escritor de romance policial, Harlan Coben, e dirigida por Daniel Nettheim, Daniel O’Hara (I) e Julia Ford, onde Hero interpretou o personagem Ioan Fuller.

Sinopse: Tom (Michael C. Hall) é um cirurgião pediátrico que cuida sozinho de suas filhas, Jenny e Carrie, após sua esposa vir a falecer. No entanto, sua vida muda drasticamente quando uma delas desaparece a caminho de uma festa. Agora, esse pai desesperado inicia uma investigação para descobrir o paradeiro da menina, fazendo com que segredos de pessoas próximas comecem a ser revelados.

Data de estreia no Brasil: 10 de maio de 2018.

  • Cleaning Up (2019)

Série original da ITV que conta com 6 episódios, dirigida por Lewis Arnold, onde Hero interpretou o personagem Jake.

“Cleaning Up explora o quão longe Sam vai para sobreviver, recuperar algum auto-respeito e colocar sua vida de volta aos trilhos.”

Data de estreia no site da ITV: 09 de janeiro de 2019.

  • After (2019)

Adaptação da série de livros “After” de Anna Todd, dirigida por Jenny Gage, onde Hero interpreta o personagem principal, Hardin Scott.

Sinopse: Baseado no romance de Anna Todd, o filme retrata a jornada de Tessa Young (Josephine Langford), uma jovem de 18 anos com uma vida simples: ótimas notas na escola, muitos amigos e um namorado doce. Todos os próximos passos de sua vida já estão planejados, mas as coisas desandam quando ela conhece um homem rebelde e rude com segredos sombrios que mudam sua vida.

Data de estreia no Brasil: 11 de abril de 2019.

  • The Silencing (Em produção)
  • The Fire Within (pré-produção)
  • Freedom’s Path (pré-produção)